Skip to content

A vida sem Facebook. Parte II

maio 31, 2010

Facebook reconoce “un montón de errores” en la privacidad
El CEO y fundador de la red social, Mark Zuckerberg, admite que no se ha tratado correctamente la información personal de sus miembros



Facebook responde a críticas sobre privacidade e promete mudanças
Ao saber da preocupação de usuários sobre o destino de seus dados na rede social, Zuckerberg reafirmou em seu artigo alguns princípios da rede social: Facebook não compartilha informações pessoais que o usuário não deseja com pessoas e serviços, não fornece  informações pessoais do usuário a anunciantes,  não vende seus dados e será sempre um serviço gratuito.

Facebook se rinde a las denuncias y simplifica la gestión de la privacidad
Un control único y simplificado
El nuevo sistema de control supone la reducción del medio centenar de opciones que debía tomar el usuarios de Facebook para determinar el grado de apertura de sus contenidos. Estas opciones pasan ahora a ser cerca de 15.

Facebook: Friend, Foe, or Frenemy?
But the real problem isn’t the complexity of Facebook’s privacy controls. The problem is the privacy policy itself. Of course Zuckerberg knows this. He’s many things, but stupid isn’t one of them. The real point of his essay, in fact, was that Facebook has no intention of rolling back the stuff that people are really upset about.

O Xereta
O Facebook conecta mais de 400 milhões de pessoas e tudo indica que logo vai atingir a casa do meio bilhão. Quando isso acontecer, um em cada 13 habitantes no mundo (considerando uma população de 7 bilhões) estará na rede social. Mais de 25 bilhões de postagens já são feitas por lá a cada mês. Agora, esse gigante enfrenta reclamações proporcionais a seu tamanho. Governos, organizações internacionais e usuários estão questionando a forma como a privacidade é tratada na rede social.

O que diz quem fica e quem sai do Facebook

Eu fico:
Peter Shankman, empresário e RP

Você não quer que o Facebook faça o que bem entender com as informações que você posta lá? NÃO POSTE-AS NO FACEBOOK. E a maioria do que está sendo compartilhado nem é assim tão importante. E daí se o Facebook disser ao Ray’s Pizza que eu “curti” a página deles e que eu moro em Nova York? Se eu moro em Nova York e entrei na página do Ray’s Pizza é porque eu gosto da pizza deles. O Facebook é de graça por um motivo – os anunciantes querem anunciar para nós!

Eu saio
Jason Calacanis, empresário de internet

Quando me dei conta de que Zuckerberg era um empreendedor amoral, eu disse ao CEO da Zynga, Mark Pincus, que ele tentaria lhe apunhalar pelas costas. Eu sabia disso porque vi Zuckerberg ferrar várias vezes os usuários com os termos de privacidade e ouvi as histórias que contam sobre ele enganar seus antigos patrões do ConnectU e seus primeiros sócios no Facebook. Ele é a pior coisa que aconteceu à nossa indústria desde, bem, o spam.

O Jason Calacanis está enlaçado aí na nota abaixo.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: