Skip to content

Até que enfim! Estamos no jogo!

junho 29, 2010

Ramires e Kaká foram os destaques do Brasil contra o Chile nas oitavas da Copa
O camisa 10 voltou, o camisa 10 voltou, ôoooooo… Antes da Copa, a convocação de Dunga deixou todo o peso da criatividade na seleção sobre as costas de Kaká. Mas uma contusão no púbis colocou um ponto de interrogação sobre o que o meia do Real Madrid poderia fazer pela equipe do Brasil na Copa. Depois da estreia apagada contra a Coreia do Norte e da boa apresentação contra Costa do Marfim, Kaká mostrou diante do Chile que está totalmente recuperado da lesão e com capacidade para ser a maior estrela brasileira no Mundial.

Brasil 3 x 0 Chile – As atuações dos jogadores brasileiros
GILBERTO SILVA – Desta vez fez mais faltas que o costume, algumas até duras, exageradas. No geral, como sua função é marcar, foi bem.
KAKÁ – Em uma jogada foi decisivo, passe perfeito para Luís Fabiano. No resto do jogo, longe do ideal, errando passes principalmente longos. E tomou mais um cartão amarelo…

Enviado por: Bom de Papo
Foi duro o que????
O dunga eh eficiente e montou um time que esta muito be armado na defesa, ganha todas as divididas e, via de regra se antecipa em quase todas e domina o meoi do campo.
Porra meu, mesmo ganhado de 3 a 0 voce achou duro acabar o jogo com 4 volantes?.
Esse time sera campeao. Tem uma defesa ao estilo Europeu , uma aplicacao tatica ao estimo alemao , com a criatividade e o toque de bola Brasileiro.
Voces vao ter que aturar o Dunga!!! hahahahahah


Ausência de Felipe Melo preenche uma lacuna
A ausência de Felipe Melo preencheu uma lacuna, e o Brasil se tornou mais leve, insinuante, arisco.
Ramires no lugar de Felipe Melo e Dani Alves no lugar de Elano foi uma combinação muito interessante, difícil de largar.


Brasil irrumpe en Sudáfrica
Dice Bielsa que el Brasil de Dunga no rompió con el pasado y es cierto. Quedan vestigios y son significativos. Como memoria subyacente, sus jugadores saben manejar ciertas herramientas tradicionales. Gilberto fue el transmisor de este conocimiento cuando exhibió su categoría para anticiparse y jugar a dos toques, casi siempre en corto, para reunir a sus compañeros y amortiguar los continuos embates del rival. Comenzó el partido y Chile atacó sin pausa pero con orden. Brasil se agrupó en su campo y administró las posesiones sin lograr profundidad.

Brasil golea con alma italiana
A Dunga no le importan los partidos trabados. No se rompe la cabeza destripándolos con la pelota. Le da igual el juego, que pasen los minutos y su selección no se sienta dominadora de los partidos. Brasil gana con bofetadas de realidad. Un córner o un contragolpe. Está por encima del juego o de los porcentajes de posesión. Al final del partido, Dunga mira el marcador y ve que ha ganado.

Comentários de Josefina…
Cada um vê o jogo que quer.
Mas o Brasil está na parada e a parada com a Holanda vai ser torta.
O Brasil tem a melhor defesa da Copa, muito estranho.
O Daniel Alves deveria ser titular.
O time de Dunga não vai encantar ninguém.
Mas ninguém está encantando ninguém mesmo, a não ser a Alemanha.
E ela disse que disse tudo isso porque se o Dunga que é um corpo sem cabeça, fala o que quer;
porque ela que é uma cabeça sem corpo também não poderia falar o que quer?
E mais não disse, como sói acontecer.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: