Skip to content

E agora José?

outubro 16, 2010

Na rede já estava rodando há algum tempo. Na chamada “Grande Imprensa”, ainda não havia aparecido.

Monica Serra contou ter feito aborto, diz ex-aluna

O discurso do candidato à Presidência José Serra (PSDB) de que é contra o aborto por “valores cristãos”, que impedem a interrupção da gravidez em quaisquer circunstâncias, é questionado por ex-alunas de sua mulher, Monica Serra.
Num evento no Rio, há um mês, a psicóloga teria dito a um evangélico, segundo a Agência Estado, que a candidata Dilma Rousseff (PT), que já defendeu a descriminalização do aborto, é a favor de “matar criancinhas”.
Segundo relato feito à Folha por ex-alunas de Monica no curso de dança da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), a então professora lhes contou em uma aula, em 1992, que fez um aborto quando estava no exílio com o marido.
Depois do golpe militar no Brasil, Serra se mudou para o Chile, onde conheceu a mulher. Em 1973, com o golpe que levou Augusto Pinochet ao poder, o casal se mudou para os Estados Unidos.
A Folha tentou falar com Monica Serra durante dois dias para comentar o relato das ex-alunas, sem sucesso.

E agora? Será que os outros da imprensa, a grande, irão atrás?

ADDENDUS

QG de Serra nega que sua mulher tenha feito aborto

A propósito de notícia veiculada neste sábado (16) pela Folha e ecoada aqui, o comitê de José Serra emitiu uma nota oficial.
“Monica Serra nunca fez aborto”, anota o texto. Embora a informação seja atribuída a ex-alunas da mulher do candidato, o tucanato investe contra o PT.
Sustenta que a “acusação falsa” é parte do “jogo sujo que tem caracterizado a presente campanha”. Vai abaixo a íntegra da nota:
“Diante de matéria publicada hoje, a campanha de José Serra esclarece: Monica Serra nunca fez um aborto.
Essa acusação falsa, que já circulava antes na internet, repete o padrão Miriam Cordeiro de que o então candidato Luiz Inácio Lula da Silva foi vítima na eleição de 1989.
E dá continuidade ao jogo sujo que tem caracterizado a presente campanha desde que um núcleo do PT, montado para fazer dossiês contra o candidato tucano à Presidência, foi descoberto em Brasília.
Primeiro eles atacaram a filha de José Serra. Depois atacaram o seu genro. Agora eles agridem a sua mulher, Monica, que tem a irrestrita solidariedade, amor e respeito de seu marido, de seus filhos, netos e de milhões de brasileiros.”

4 Comentários leave one →
  1. outubro 16, 2010 7:01 pm

    oras mas dilma é otima

  2. Claudio Versiani permalink*
    outubro 16, 2010 8:26 pm

    Cara Vitória,
    esse comentário foi aprovado, os outros dois não.
    Vc é livre para comentar, mas sem ofensas.
    Ab.

  3. outubro 16, 2010 11:20 pm

    Xiiii. Deixa eu pensar antes de escrever…..🙂

    Até a minha sobrinha, que está votando pela segunda vez, achou que a campanha está uma baixaria.
    Os meus interesses políticos, atualmente, estão em saber qual dos dois candidatos tem um aparelho de som melhor. No mais, dúvidas filosóficas como se a xuxa vai ganhar a ação que moveu contra o Google, se o Grêmio passa pelo Cruzeiro, onde vou fotografar as vaquinhas da CowParade amanhã e outras coisinhas.

Trackbacks

  1. O que se diz e o que não se diz na imprensa « Blog da Josefina

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: