Skip to content

Um outro olhar…

outubro 20, 2010

Mais uma dica do amigo Jorge Diehl…e do irmão Euardo Versiani.

Projeto transforma moradores de rua de SP em fotógrafos



Fotógrafos em situação de rua em São Paulo expõem arte para a elite

Artistas em situação de rua
Tião Nicomedes é negro de barba grossa, corpo largo e cabeça boa. Sentado no chão de pedra do vale do Anhangabaú, centro de São Paulo, relembra seus tempos de albergue: “Rapaz, aquilo lá é muito aborrecimento, se for ligar para tudo o cara paralisa. Tinha época em que eu quase não trocava de roupa, não tinha motivação pra pensar esses detalhes”. Viveu quatro anos na rede de assistência e se pudesse teria saído no primeiro mês.
Ali, porém, encontrou a arte. Começou a escrever para criar outro mundo onde viver, um mundo onde as coisas são certas e o sujeito não precisa ficar ouvindo besteira de assistente social. “Pegar o barro ou a caneta e fazer algo bacana, o cara se sente útil, repensa sua vida, não é?”. Assim, quando surgiu a proposta de trabalhar fotografia com o Trecho 2.8, agarrou a possibilidade de aprender nova linguagem.
“O Trecho é um dos poucos projetos onde não nos tratam como idiotas carentes”, avalia. “Ali todo mundo opina, todo mundo decide junto. Tanto que nem chama oficina, é um projeto de criação e pesquisa. Trazer um negócio pronto e implantar sem nem perguntar se as pessoas querem aquilo tem de monte, meu irmão, você precisa ver quantos diplomas o camarada junta em um ano de albergue. Eu tenho mais de trinta: “tá aqui, Tião, pega seu papel e leva esse abraço”. Pra quê?”.

Ex-moradores de rua retratam a cidade

“Fotografar é a possibilidade que eu vejo hoje de eternizar um momento e isso me traz emoção”, define a ex-moradora de rua Carolina Garcia, de 26 anos. Com ela, outros nove participantes formam o primeiro grupo do projeto Trecho 2.8, do Instituto Brasis em parceira com o Instituto Gens de Educação e Cultura, que convidou moradores de rua da capital para aprender fotografia.

Ex-morador de rua Sebastião Nicomedes com foto ‘Vira-Lata’: cotidiano e temas abstratos são retratados

© José Patricio/AE

A seguir, três enlaces a conferir. Confira!

Pensamento Múltiplo e Contemporâneo Sem censura


Brasis Estudos e Ações

INSTITUTO GENS de Educação e Cultura’s photostream




© INSTITUTO GENS



Em uma palavra: Emocionante!

6 Comentários leave one →
  1. outubro 20, 2010 3:24 pm

    Bela iniciativa. Ah, se mais brasileiros ricos pensassem assim…

  2. outubro 21, 2010 11:04 am

    Que idéia hein! Fabuloso!

  3. Claudio Versiani permalink*
    outubro 21, 2010 11:08 am

    Hans e Henry, concordo com vcs.
    Mais brasileiros poderiam seguir o exemplo.
    Abs.

  4. outubro 21, 2010 6:43 pm

    Olá! Parabéns pela atitude, os trabalhos ficaram lindos!! É preciso valorizar todos os olhares…

  5. Claudio Versiani permalink*
    outubro 21, 2010 7:11 pm

    Pois é, essa história é emocionante mesmo!

Trackbacks

  1. Tweets that mention Um outro olhar… « Blog da Josefina -- Topsy.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: